Arabutã recebe projeto Amor de Lixo

Na manhã desta quarta-feira, dia 27, a Administração Municipal de Arabutã recebeu o projeto Amor de lixo, idealizado pelas artistas Simone Talin e Samantha Lucas. A iniciativa foi contemplada pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estimulo a Cultura, na categoria Artes Visuais, o maior e mais disputado Prêmio de Cultura no Estado.
 
As artistas percorrem as cidades em busca de objetos descartados nas lixeiras que serão acolhidos e ressignificados através de arte em grafite e depois devolvidos às lixeiras de origem.
 
O intuito do projeto é reverberar ações de sustentabilidade e consciência ambiental coletiva, atuando como projeto inspirador atingindo não somente o público que produz esse lixo, mas quem “vive” dele (garis, cooperativas de reciclagem, empresas de aterros sanitários e órgãos responsáveis pelas políticas públicas de meio ambiente).
 
“Compreendemos que esta ação é uma maneira ímpar de descentralizar e multiplicar nosso trabalho para municípios alijados das produções culturais” – fala Simone Talin.
 
“Nosso objetivo é reverberar ações que contam histórias, afetos, cuidado com o meio ambiente; sobretudo um olhar sensível e poético para a cidade” – fala Samantha Lucas.
 
“Recomendamos que a população “fique de olho” nas lixeiras, talvez o Amor de Lixo passe por lá”. (brincam as artistas)