---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Arraste widgets para dentro do bloco. excluir bloco

  • Apresentação

    Arabutã é um município brasileiro localizado no Meio-Oeste Catarinense pertencente à Secretaria de Desenvolvimento Regional de Seara e Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (AMAUC).
    Com a construção da estrada de ferro São Paulo ao Rio Grande do Sul, por volta do ano de 1910, atravessando o Estado de Santa Catarina de Sul a Norte, costeando o Rio do Peixe, por uma empresa americana, a sorte da região tomou outros rumos. A região onde hoje é Arabutã foi vendida à companhia colonizadora Mósele Eberle e a partir de 1912 entraram os caboclos em nossa região, começando o desmatamento e então surgiram os primeiros núcleos de habitação.Essa região pertencia a Colônia Concórdia e a companhia Mósele procurou interessados para aquisição de terras. Em 1927 chegaram à Arabutã uma leva de imigrantes, vindos da Romênia que aqui, a troco de serviços recebiam terras e comida da colonizadora. É a esses imigrantes que se deve a colonização de Arabutã, pois foram eles que abriram estradas para mais tarde servirem de passagem a novos imigrantes que vinham chegando.
    O povoamento de início, teve o nome de Pipoca dado pelos caboclos, por motivo de terem ficado ilhados durante uma enchente, entre o Rio Jacutinga e Lajeado Canoas, e sua alimentação por vários dias, foi pipoca. Com a vinda dos alemães mudou-se o nome para Nova Germânia, assim ficou conhecida em grande parte do Rio Grande do Sul. A maioria dos colonizadores veio de Montenegro trazendo o progresso, a cultura, a religião e o lazer.Durante a 2ª Guerra Mundial mudou o nome para Mauá, nome este ainda conservado em nomes de empresas e monumento na praça central da cidade.
    Mais tarde recebeu o nome de Arabutã, que na língua Guarani quer dizer Pau Brasil devido a uma madeira idêntica encontrada às margens do Rio Jacutinga.
    O Município de Arabutã foi criado em 12 de dezembro de 1991 pela lei 8.474, publicada no diário oficial n° 14.345 de 1991.
    Arabutã foi distrito de Concórdia no período de 1938 até 31 de março de 1991, quando foi votado o plebiscito pela emancipação, tornando-se, no dia 12 de Dezembro de 1991, um Município politicamente emancipado. A emancipação política ocorreu com a posse do primeiro prefeito, em 1 de janeiro de 1993.
    No primeiro domingo do mês de fevereiro ocorre o Kerb Fest, que é o dia do aniversário da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e no dia 25 de julho se comemora o dia do Colono e do Motorista.

  • IDMS - Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável

    Índice Geral: 0,611

    O IDMS é uma ferramenta para a aplicação do conceito de desenvolvimento municipal sustentável construído a partir de uma série de indicadores considerados fundamentais para diagnosticar o grau de desenvolvimento de um território. Esse índice, ao avaliar o desenvolvimento, configura-se como uma ferramenta de apoio à gestão capaz de evidenciar as prioridades municipais e regionais e situar as municipalidades em relação a um cenário futuro desejável. A sustentabilidade é entendida como o desenvolvimento equilibrado das dimensões Social, Cultural, Ambiental, Econômica e Político-institucional.

    Sociocultural

    0,701

    Econômica

    0,590

    Ambiental

    0,447

    Político Institucional

    0,707

Arraste widgets para dentro do bloco. excluir bloco

  • Informações Municipais

    • Prefeito(a): Leani Kapp Schmitt
    • Vice Prefeito(a): Olguin Ricardo Metz
    • Microrregião: Microrregião do Alto Uruguai Catarinense
    • Aniversário: 31/03
    • Habitantes: 4281 (IBGE/2017)
    • Eleitores: 3780 (TSE/2017)
    • PIB: R$ 105.299.000,00 (IBGE/2015)
  • Símbolos Municipais

    Bandeira

    Brasão